domingo, 27 de março de 2011

O QUE VEM POR AÍ


 *******

RESENHA METALLICA - COMBINANDO MELODIA COM AGRESSIVIDADE
por Fernando Schittini

Existem álbuns que permanecem atuais, mesmo com o passar dos anos, pois são donos de uma sonoridade autêntica e inovadora, e independente dos modismos musicais que a mídia nos impõe, esses clássicos sempre serão lembrados e respeitados. Esse é o caso de “Master of Puppets”.
Lançado em 1986, Master é o terceiro álbum de estúdio do Metallica, banda que hoje é mundialmente conhecida, mas na época ainda estava galgando um lugar na cena metal composta por muitas bandas de Hair/Glam Metal, com um som mais comercial, sendo que suas músicas e videoclipes eram exibidos de forma exaustiva nas rádios e TVs. Enfim, para uma banda de Thrash Metal a vida era bem mais complicada. Mesmo assim, possuíam um grande numero de fãs da cena underground, devido a seus trabalhos anteriores, os excelentes (Kill ‘Em All e Ride the Lightning).

A banda era composta por James Hetfield (vocal/guitarra), Lars Ulrich (bateria), Kirk Hammett (guitarra solo) e Cliff Burton (baixo). Esse último, morto num trágico acidente de ônibus quando o Metallica iria se apresentar na Dinamarca, meses depois de terem lançado o álbum em questão. Uma grande perda não só para a banda, mas para o mundo do Metal em si, que sempre se lembrará de Burton pelo seu talento e genialidade...

*******
A resenha continua na edição 21 do Farrazine disponível em breve para download e visualização online.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes